BLOG

  • Infinite Consultores

Como os laticínios mineiros reduziram o CTB em 70%

Em 2009, o Polo de Excelência do Leite e Derivados deu início ao Sistema Mineiro de Qualidade do Leite (SMQL), com o objetivo de agir junto aos laticínios e fornecedores para melhorar os padrões de qualidade da matéria prima no que se refere a CTB, CCS e concentração de antibióticos no leite cru.  O SMQL foi desenvolvido pelo Polo e coordenado pelo consultor da Infinite, Abel Fernandes.

Em dois anos de projeto, o SMQL atendeu 130 indústrias laticinistas e mais de 2000 produtores rurais. Os resultados chegaram a uma diminuição de mais de 70% na CTB e 45% na CCS. Além disso, a valorização da matéria prima e as melhorias de rendimento e durabilidade dos produtos foram comemoradas pelas indústrias atendidas.

Principais Resultados

Dos resultados, o mais significativo alcançado pelo projeto foi a redução drástica na contagem de células somáticas (CCS) e na contagem bacteriana total (CTB/UFC). Até o final do projeto, com duração de um ano e quatro meses, houve uma queda de 70% na CTB e 45% na CCS.



Observando o trabalho piloto, essa queda drástica pôde ser alcançada em apenas alguns meses de programa. Veja as tabelas abaixo, referentes ao trabalho com alguns laticínios em 2010, ao final da primeira etapa do projeto.







 Esses dados se refletem em ganhos para indústria, produtor e consumidor. Por um lado, houve o incentivo do pagamento por qualidade, com 80% dos laticínios instituindo programas de bonificação do produtor (gráfico abaixo). Por outro lado, os laticínios apontaram o aumento do rendimento da matéria prima e durabilidade dos produtos nos supermercados.



Também foram apontados os ganhos em qualificação e treinamento de produtores e técnicos da indústria. Em pesquisa realizada pelo Polo de Excelência, os participantes do programa relataram uma mudança de visão sobre o investimento em qualidade, capacitação e a bonificação do produtor.

Como esses resultados foram alcançados

Apesar de resultados tão significativos, o SMQL não se pauta em ações complexas e de alto custo. Pelo contrário: foram medidas simples e econômicas, baseadas em métodos aplicados na Nova Zelândia, que garantiram o sucesso do programa. Com apenas 8 dias de trabalho em cada indústria, a equipe do SMQL atuou junto ao laticínio e seus fornecedores para a implementação do projeto.

A primeira etapa foi feita em dois dias na indústria, com levantamento de ações corretivas, definição e implementação da infraestrutura de qualidade. Em seguida, foi realizado um treinamento sobre CTB e CCS e por fim, em três dias, a consultoria fez visitas às fazendas fornecedoras juntamente com os técnicos da indústria.

O material fornecido incluiu um código de boas práticas, a padronização dos procedimentos no laticínio e nas fazendas, kits para ordenha mecânica e manual e a agenda de qualidade, peça chave para a manutenção, acompanhamento das ações e comunicação sobre os índices de qualidade entre os níveis da cadeia produtiva.

Você pode levar essa expertise para o seu laticínio

Depois de coordenar a implantação do SMQL, o consultor Abel Fernandes trouxe para a Infinite toda a experiência acumulada no atendimento de 130 indústrias laticinistas de Minas Gerais. Essa bagagem permitiu a construção de um programa de consultoria em qualidade do leite disponibilizado para nossos clientes, que veem o aumento significativo da qualidade da matéria prima em poucos meses.

O programa retorna o investimento por meio do aumento no rendimento da produção e pela dedução fiscal. Isso porque desde 2015 o Ministério da Agricultura prevê a utilização de até 50% dos créditos do PIS/COFINS para que os laticínios invistam em programas de qualidade do leite.

Entre em contato com a nossa equipe pelo infinite@infiniteconsultores.com.br e saiba como levar o nosso programa de qualidade para a sua empresa.

0 visualização

© 2018 por INFINITE CONSULTORES ASSOCIADOS

  • Black Facebook Icon
  • Black LinkedIn Icon
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now